Guarda Municipal apreende som e notifica postos de combustíveis em Candelária



O Grupamento de Ação Ambiental da Guarda Municipal do Natal (Gaam/GMN) interviu na madrugada desse domingo (10) num evento com som automotivo que estava ocorrendo em dois postos de combustíveis situados nas Avenidas Prudente de Morais e Integração, no bairro de Candelária, zona Sul da cidade. Cerca de 200 pessoas estavam presentes no momento em que os guardas municipais realizaram a abordagem apontando a ilegalidade do uso de equipamento de som em área aberta e a falta da Licença de Uso de Espaço Público (Luep).
A intervenção dos guardas municipais iniciou no posto de combustível da Avenida Prudente de Morais, quando foi solicitado o desligamento dos equipamentos de som e notificado o responsável pelo estabelecimento por meio de um auto de constatação. Os guardas informaram que além do som e da falta de licença para o evento, foi contatada a presença de menores de idade consumindo bebida alcoólica e drogas. “É até um perigo, pois se trata de estabelecimentos de venda de combustíveis onde dezenas de pessoas faziam uso de celular e fumavam, o que poderia provocar um dano bem maior”, informou a coordenadora do Gaam/GMN, Francineide Maria.
Com a dispersão dos participantes do evento, os guardas municipais continuaram patrulhando a área e perceberam o deslocamento das pessoas para um outro posto de combustíveis situado na Avenida da Integração. “Nesse momento, além de notificar o posto de combustível, atuamos com maior rigor apreendendo dois equipamentos de som, sendo um deles por motivo do proprietário, mesmo orientado da proibição, ter religado som”, explicou Francineide.
Um dado importante percebido pelos guardas municipais é que após a dispersão diversos motoristas assumiram o volante de seus automóveis tendo feito uso de bebida alcoólica. “É mais um problema, já que essas pessoas podem a qualquer momento causar um acidente colocando em risco as suas vidas e a de pessoas inocentes”, ressaltou a coordenadora do Grupamento Ambiental.
Os equipamentos de som apreendidos pelos guardas municipais foram entregues no departamento de apreensão da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb), como também as cópias dos autos de constação dos estabelecimentos notificados. A intervenção do Grupamento de Ação Ambiental da Guarda Municipal do Natal nesse tipo de ocorrência é comum devido a solicitação da população que se ver afetada com esse meio de abuso. “Os pais desses adolescentes devem também intervir nessa situação, pois não é somente um problema dos órgãos públicos competentes”, concluiu.

Nenhum comentário