Assembleia Legislativa dá posse a Fátima Bezerra como governadora do RN




Crédito da Foto: João Gilberto

A governadora Fátima Bezerra (PT) e o vice-governador Antenor Roberto (PCdoB) tomaram posse nesta terça-feira (1º/1), na Escola de Governo, no Centro Administrativo. A cerimônia foi conduzida pelo Chefe do Poder Legislativo, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), e compartilhada junto aos 23 deputados estaduais, federais, senadores, autoridades, convidados e população que acompanhou a sessão solene.

“O desafio não é só de quem assume o governo. O desafio é de todos nós, sob a liderança da governadora Fátima Bezerra, que, certamente, não será apenas a governadora do seu partido político ou dos seus eleitores, mas de todos os norte-riograndenses. Esse é o rumo certo para quem prometeu e deseja acertar. Esse é o caminho de quem sabe que não pode errar. Nosso povo está sofrido, nossa economia está carente de empregos, nossos servidores vivem tempos de angústia pelo presente e temor pelo futuro”, disse Ezequiel Ferreira de Souza.

Em seu primeiro discurso após a posse, Fátima Bezerra classificou como “dramática” a atual situação fiscal e financeira do estado. “Nosso foco, antes de mais nada, será organizar as contas para colocar em dia o pagamento dos servidores. Isso exigirá de nós muito esforço fiscal, tanto para conter o crescimento das despesas obrigatórias como para ampliar a arrecadação. Nos empenharemos nisso. Precisamos superar gradativamente a grave crise fiscal em que o RN se encontra”, declarou.

Antes, a governadora agradeceu o voto de confiança que recebeu dos eleitores e destacou a história das mulheres potiguares na política. “Sou a única mulher a tomar posse hoje como governadora. A única governadora eleita em todo o país. Eleita pelo estado onde as mulheres primeiro conquistaram o direito ao voto; que primeiro elegeu uma mulher ao cargo de deputada estadual; e que teve a primeira prefeita eleita em toda a América Latina. Por isso, trago aqui a memória de Maria do Céu Fernandes, de Alzira Soriano, de Clara Camarão, de Nísia Floresta, de Alta de Souza, de Celina Guimarães e Dona Militana. De todas as mulheres potiguares e brasileiras que me inspiram cotidianamente a seguir a luta. Vocês tomam posse hoje comigo”, disse emocionada.

Participaram da solenidade os deputados Gustavo Carvalho (PMDB), Ricardo Motta (PROS), Kelps Lima (SD), José Adécio (DEM), Dison Lisboa (PSD), Souza Neto (PHS), Getúlio Rêgo (DEM), Raimundo Fernandes (PSDB), Vivaldo Costa (PROS), Albert Dickson (PROS), Jacó Jácome (PSD), Larissa Rosado (PSDB), Márcia Maia (PSDB), Hermano Morais (MDB), George Soares (PR) e os deputados diplomados Coronel Azevedo (PSL), Kleber Rodrigues (AVANTE) e Ubaldo Fernandes (PTC).

A solenidade de posse também contou com a presença de secretários de estado, gestores municipais, representantes das forças armadas e autoridades como o presidente do Tribunal de Justiça, Expedito Ferreira, procurador geral de justiça, Eudo Rodrigues Leite, presidente do Tribunal de Contas, Francisco Potiguar Cavalcanti, arcebispo metropolitano de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha, reitora da UFRN, Ângela Maria Paiva Cruz.

Instituições estão dispostas a colaborar para RN superar dificuldades econômicas

Líderes das instituições do Rio Grande do Norte de diversos segmentos afirmaram durante a posse da governadora Fátima Bezerra que as entidades que representam, que compõem o tecido sociedade civil organizada, estão dispostas a colaborar para que o Estado supere o atual momento de dificuldades econômicas, ao mesmo tempo em que advertiram que o caminho do desenvolvimento a ser tomado deve considerar os interesses da coletividade.

Presidentes de órgãos como o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, Tribunal de Contas do Estado, Federação do Comércio do Rio Grande do Norte; Federação das Associações Comerciais do Rio Grande do Norte e lideranças de instituições como a Universidade Federal do Rio Grande do Norte, representada pela reitora Ângela Paiva, e a Igreja Católica, cujo líder, Dom Jaime Vieira Rocha, resumiu o espírito das declarações dadas por todos.

"Todos nós devemos estar empenhados para fazer a parte que nos cabe. Devemos ter como foco o bem comum, o interesse da coletividade. Precisamos estar empenhados para, com cuidado e zelo, fazer o que compete como cidadão norte-riograndense e como instituições que representamos, sempre em prol do Estado, senão não haverá felicidade", analisou o líder da Igreja Católica em Natal.

Deputados reconhecem desafios e esperam recuperação financeira e fiscal do RN

A atual crise fiscal e financeira esteve presente na fala de todos os deputados que falaram sobre suas expectativas com relação ao novo governo. Líder do governo Fátima Bezerra na Assembleia Legislativa, George Soares (PR) afirmou já estar trabalhando para enfrentar “um dos momentos mais críticos nas áreas fiscal e financeira do Estado. Kelps Lima (SD) espera que esse seja um novo momento administrativo para o Estado. “E que ela, de fato, lidere essa transformação na máquina pública, uma vez que o atual modelo faliu, disse.

A expectativa do deputado Hermano Morais (MDB) é em torno da recuperação econômica do Estado. “Da base de emprego, do potencial de atrair investimentos e realmente restabelecer o desenvolvimento do nosso estado”. Fernando Mineiro (PT) falou da necessidade de união para enfrentar. “Já sabíamos que a situação do estado era muito crítica. Por isso a nossa expectativa é de muito trabalho”.

Os deputados Dison Lisboa (PSD), Getúlio Rego (DEM) e Souza (PHS) se apresentaram otimistas. “Queremos que esse governo acerte e faça o RN mudar”, desejou Dison, enquanto Souza disse estar pronto para contribuir, através da Assembleia. “Será preciso tomar medidas de imediato”. Getúlio Rego espera que a governadora “tome a iniciativa de promover os ajustes necessários para reequilibrar as contas do estado e devolver à população os serviços que estão totalmente colapsados”, finalizou.

 

Nenhum comentário