Chico César faz show no Festival Pôr do Som no dia 13 de janeiro



O Festival Pôr do Som recebe o cantor, compositor e escritor Chico César, no próximo dia 13 de janeiro, na Arena Ecomax, Praia de Pirangi. Na ocasião, o artista (violão) será acompanhado por Ana Karina Sebastião (baixo), Helinho Medeiros (teclado), Escurinho (percussão) e Gledson Meira (bateria). 
Nessa apresentação, a poesia poderosa dotada de um encanto único de Chico César chega com mais liberdade e espaço para improvisos, garantindo surpresas durante o espetáculo. Sempre surpreendendo, Chico experimenta canções que normalmente não estão no repertório dos shows da turnê “Estado de Poesia”.

Versatilidade em composições harmônicas

Nascido Francisco César Gonçalves em 26 de janeiro de 1964, no município de Catolé do Rocha, interior da Paraíba, aos dezesseis anos Chico César foi para a capital João Pessoa, onde se formou em jornalismo pela Universidade Federal da Paraíba. Aos 21 anos, mudou-se para São Paulo. Trabalhando como jornalista e revisor de textos, aperfeiçoou-se em violão, multiplicou suas composições e começou a formar o seu público.
Em 1995 lançou o primeiro CD “Aos Vivos” (Velas), acústico e ao vivo, com participações de Lenine e do lendário Lany Gordin. Em 1996 veio o sucesso nacional e internacional através do segundo álbum, “Cuscuz Clã” (MZA/PolyGram), produzido por Marco Mazzola. No terceiro CD, “Beleza Mano”, mergulhou na cultura negra com participações do zairense Lokua Kanza, coral negro da Família Alcântara, os rappers Thaíde e DJ Hum. “Mama Mundi”, de 2000, mostra sua qualidade de intérprete num trabalho repleto de canções e referências ao som que se faz, tanto no interior do Brasil como em diversas partes do mundo. Em junho de 2002 seu quinto CD, o “Respeitem Meus Cabelos, Brancos”. Em 2005, o sexto CD de sua carreira, ”De uns tempos pra cá”, pela gravadora Biscoito Fino. “Francisco Forró y Frevo”, um mergulho do artista no espírito das duas principais festas populares nordestinas, foi lançado em 2008. Em 2015 Chico César lança “Estado de Poesia”, selecionado pelo edital nacional Natura Musical, seu primeiro disco de inéditas em oito anos.
“Estado de Poesia”é um disco que une a riqueza dos ritmos brasileiros à sonoridade universal. Num mesmo álbum, samba, forró, frevo, toada e reggae se misturam e dão vida ao trabalho do artista.
Chico César venceu a  29ª edição do Prêmio da Música Brasileira 2018 na categoria melhor álbum de “Pop/Rock/ Reggae/ Hiphop/ Funk com o disco “Estado de Poesia – Ao Vivo, lançado em DVD + CD, em 2017, pela Deck.

Serviços:
Dia: 13 de janeiro
Horário: 16h
Local: Praia de Pirangi
Atrações: Chico César (PB), Seu Pereira e Coletivo 401 (PB) e Luísa e os alquimistas (RN)
Ingressos: R$ 25

Nenhum comentário