Parlamentares do PSL são diplomados pela Justiça Eleitoral



O General Girão e o Coronel Azevedo, ambos do Partido Social Liberal (PSL), foram diplomados, nesta quarta-feira (19), em cerimônia realizada pelo Tribunal Regional Eleitoral no Teatro Riachuelo e presidida pelo desembargador Glauber Rêgo, presidente da Corte Eleitoral do Rio Grande do Norte. No pleito de outubro, o General Girão foi eleito deputado federal com 81.640 votos e o Coronel Azevedo como deputado estadual com 27.606 votos.
Para o General Girão, a sociedade brasileira chegou ao limite da tolerância em relação aos desgovernos, aos desmandos e a incompetência na gestão. É preciso, segundo ele, mudar a maneira de pensar e fazer a política. “Os gritos das urnas levaram a classe política a entender que não se pode mais continuar fazendo a política como se fazia antes. Isso deve ter levado à eleição de Bolsonaro e a eleição de várias pessoas que têm o mesmo pensamento que ele. Um Brasil de verdade, um Brasil no qual os direitos das pessoas sejam respeitados como, por exemplo, o respeito à vida. A quantidade de homicídios no Brasil chegou a um limite extremo. São mais de 63 mil mortes violentas por ano, fora as causadas por acidentes de trânsito”, pontuou o deputado federal diplomado.
Com vaga garantida na Assembleia Legislativa, Coronel Azevedo ressaltou a importância da função fiscalizadora dos deputados sobre o Executivo. “Espero não apenas somar para que o nosso partido cresça no Estado, mas também trabalhar com a elaboração de leis e, principalmente, fiscalizar o Executivo, já que esta é uma função inerente ao parlamentar. Nós, do PSL, faremos uma oposição serena e responsável buscando contribuir para o desenvolvimento do Rio Grande do Norte”, disse o deputado estadual, que computou votos em 164 municípios do Estado, sendo o terceiro mais bem votado em Natal.

GENERAL GIRÃO
Graduado em Ciências Militares da Arma de Infantaria na Academia Militar das Agulhas Negras, o General Girão Monteiro foi Adjunto e Chefe da Subchefia da Casa Militar da Presidência da República no Governo do Presidente Fernando Henrique Cardoso e ocupou, entre 2002 e 2004, o cargo diplomático de Adido de Defesa do Exército junto à Embaixada do Brasil na República da Polônia.
Após passar para reserva, o General exerceu as funções de Secretário de Segurança Pública e da Justiça e Cidadania do Estado de Roraima. Pelo perfil técnico, foi também Secretário de Segurança Pública e Defesa Social do Governo do Estado do Rio Grande do Norte, onde assumiu a missão de garantir a segurança durante a realização da Copa do mundo de 2014, em Natal. Atuou como Secretário Municipal de Segurança Pública de Mossoró/RN e foi eleito, no último pleito, Deputado Federal pelo Rio Grande do Norte com 81.640 votos totalizados.

CORONEL AZEVEDO
Coronel Azevedo é policial militar e mestre em Administração Pública. Iniciou atividades na área militar em 1985, quando ingressou no Centro de Preparação de Oficiais da Reserva do Exército em Recife/PE. Com mais de 30 anos de experiência na área da Segurança Pública, Coronel Azevedo foi Comandante da Polícia Militar do Rio Grande do Norte. Em outubro, foi eleito Deputado Estadual com 27.606 votos.

Nenhum comentário