FIART 2019 vai promover exposição temática de municípios potiguares



Com o tema "Água, terra, fogo e Ar. Dos quatro elementos, o talento cria o futuro", a tradicional Fiart - Feira Internacional de Artesanato - acontecerá de 25 de janeiro a 3 de fevereiro de 2019, no Centro de Convenções de Natal, na Via Costeira. 

Nessa próxima edição a Fiart traz mais novidades. Com o objetivo de promover a arte e a cultura de municípios participantes, no período de 26 a 29, a programação da feira contará com o "Dia das Cidades", no qual uma noite é dedicada para apresentações culturais e artísticas, oficinas e exposição do artesanato produzido no município. As quatro cidades participantes são: Parnamirim, São Gonçalo do Amarante, Ceará-Mirim e Macaíba. 

A 24ª edição do evento reunirá um mix de expositores brasileiros e estrangeiros expondo nos mais de 300 estandes que estarão dispostos por categorias, em salões especiais: Nacional, Elementos, Arte Popular, Cerâmica e Cestaria. Em cada salão haverá premiação especial para a melhor peça de artesanato, escolhida por um júri de especialistas e referendada pelo público visitante.

Na programação cultural da Feira, o Fiart in Concert, com apresentações de orquestras; shows artísticos diários; rituais indígenas; danças orientais; mostra de artes circenses; literatura de cordel; e o 17° Festival de Danças Folclóricas e Parafolclóricas, com a participação de atrações do Rio Grande do Norte e de outros os estados do Nordeste. 

Já consolidada no calendário turístico do Estado, a Fiart se firmou como evento para promoção do artesanato brasileiro, especialmente o potiguar, gerando oportunidades de negócios e renda para os artesãos participantes. Em 2018, a Feira movimentou quase 7 milhões de reais com a venda de produtos. Além disso, movimenta a alta estação em Natal, já que se consolidou também como opção de lazer e entretenimento nesse período para turistas e o público local.

A Fiart, organizada pela Espacial Eventos, é realizada em parceria com o Governo do Estado, o Governo Federal, por meio do Programa do Artesanato Brasileiro e o Ministério da Cultura, Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do RN – Sebrae –, Prefeitura do Natal e Rede de Conexão. 

Nenhum comentário