Aditivos naturais na fertilização orgânica permitem aumento de 30% do peso corporal em camarões




Estudo de caso será apresentado na XV Feira Nacional do Camarão (Fenacam), que ocorrerá de 13 a 16 de novembro em Natal/RN.
A fertilização dos viveiros de camarões é uma opção para os carcinicultores melhorarem o local de criação dessa espécie. A aplicação de aditivos à base de minerais orgânicos permite melhorias significativas na produtividade, seja com a utilização de farelo de arroz ou soja. Para comprovar esses benefícios, a Alltech do Brasil realizou um estudo na cidade de Tibau do Sul (RN), comparando dois ambientes, sendo que um utilizava Aquate Fertilizer na dieta dos camarões e o outro apenas ração tradicional. O resultado demonstrou que no tanque com o produto houve aumento de peso corporal de 31,2% nos camarões (10,5 g contra 8 g) em relação ao tratamento sem Aquate Fertilizer, assim como maior resistência, demonstrada pela redução da mortalidade em 43%.
Outro benefício encontrado pelos pesquisadores foi a redução do tempo para que os camarões atingissem o peso ideal para o mercado (ao menos 8 g). No ambiente em que o Aquate Fertilizer foi adicionado, os camarões conseguiram atingir 10,5 g em 41 dias, enquanto que no viveiro alimentado apenas com rações tradicionais, a média ficou em 62 dias para atingir 8 g. O zootecnista e coordenador de vendas para aquicultura da Alltech do Brasil, Fabio Rodrigues explica que a nutrição à base dessas soluções permite uma interação direta e indireta com os animais. “Ela pode ser observada na melhora da conversão alimentar em 66%, o que gera maior rentabilidade ao produtor”, avalia Rodrigues.

Fórum Alltech de Aquicultura 2018
O estudo será debatido durante o Fórum Alltech de Aquicultura 2018, no dia 15 de novembro, durante a XV Feira Nacional do Camarão (Fenacam), que ocorrerá em Natal (RN).
O Fórum contará ainda com palestras sobre níveis de microminerais na dieta de tilápias, inovações da Alltech para aquicultura e uma palestra do professor do Departamento de Zootecnia da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), Wilson Furuya, que irá apresentar a evolução no uso de enzimas na nutrição de tilápias.
“As enzimas auxiliam na digestão de compostos que não são digeridos naturalmente em dietas para peixes, contribuindo para a absorção de nutrientes, com consequente melhora no desempenho, reprodução, saúde e qualidade de carne de tilápias. Além disso, há menor exceção de nutrientes potencialmente poluentes, principalmente nitrogênio e fósforo, contribuindo para uma aquicultura mais responsável sob o ponto de vista ambiental”, explica Furuya.
Soluções ao produtor
A Alltech disponibiliza a linha Aquate Fertilizer aos produtores de camarão e peixes. Os produtos à base de minerais orgânicos como zinco e selênio auxiliam as defesas desses animais, permitindo maior resistência contra ectoparasitos e microrganismos. “Os aditivos minerais estimulam a produtividade primária dentro do viveiro, aumentando a incidência de bactérias probióticas e controlando a presença de fitoplânctons, que em grande número alteram as condições da água e tornam mais fácil o surgimento de doenças, como a mancha branca”, conclui Rodrigues.

Sobre a Alltech:
Fundada em 1980 pelo empresário e cientista irlandês Dr. Pearse Lyons, a Alltech descobre e entrega soluções para a nutrição sustentável de plantas, animais e pessoas. Com mais de 100 unidades de produção global, a Alltech é líder em produção e processamento de leveduras e minerais na forma orgânica.
Nosso princípio orientador ACE busca desenvolver soluções que são seguras para os animais, consumidores e também para o meio ambiente. São mais de seis mil colaboradores espalhados pelo mundo que têm o compromisso de para trabalhar todos os dias para nossos consumidores.
A Alltech é uma empresa familiar - o que permite se adaptar rapidamente às novas necessidades do consumidor e a permanecermos focados em inovação de ponta. Sediada em Lexington, Kentucky, nos Estados Unidos, a empresa tem uma presença forte em todas as regiões do mundo. Para mais informações, visite www.alltech.com/news. Nos contate também pelo Facebook.

Nenhum comentário