Suspeito de matar cabo da PM é morto em Macaíba durante operação



Uma ação de policiais civis e militares prendeu seis pessoas e apreendeu um menor de idade na manhã desta quarta-feira (10) em Macaíba, região metropolitana de Natal. Uma pessoa morreu e outra ficou ferida após uma troca de tiros com os policiais.
A Operação Santuário foi deflagrada para prender um homem suspeito da morte de um cabo da PM, no dia 8 de maio deste ano na zona Norte de Natal. Ao chegar a casa onde estaria o suspeito, os policiais foram recebidos a tiros. Houve revide e o suspeito do crime foi morto e outro membro do bando saiu ferido na ação.
De acordo com a Polícia Civil, o objetivo da incursão era prender Eduardo Ferreira da Silva, de 26 anos, conhecido como Dudu. Ele foi apontado como participante da morte do cabo Waldembergue Cruz de Lima, de 45 anos, quando o policial saia de uma barbearia no conjunto Nova Natal, quando foi assassinado.
As seis pessoas presas fazem parte de uma facção criminosa e um menor foi apreendido pelo mesmo motivo. O grupo estava em uma residência vizinha a do suspeito, no bairro Morada da Fé. Foram apreendidas duas espingardas e munições.
Participaram a da Operação Santuário, os policiais civis de Macaíba, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e policiais militares do 11º BPM. A operação foi batizada de Santuário devido ao nome da localidade onde estava o suspeito.



portalnoar

Nenhum comentário