RN tem 216 mil títulos cancelados por falta de biometria



O Rio Grande do Norte teve 216.615 títulos eleitorais cancelados por falta de biometria. O número corresponde a cerca de 9% dos 2,3 milhões de potiguares aptos a votar nas eleições deste ano.
O total corresponderia ainda ao segundo maior colégio eleitoral do estado, ficando atrás apenas de Natal, que possui 557 mil eleitores. Mossoró tem 174 mil e Parnamirim conta com 119 mil.
No Brasil, a Bahia teve o maior número de títulos cancelados após a decisão do STF, nessa quarta-feira (26). O estado perdeu 586.333 Na sequência, aparecem São Paulo (375.169), Paraná (257.941), Ceará (234.487) e Goiás (219.426).
De acordo com a Justiça Eleitoral, no total, 3.368.447 eleitores não vão votar nas eleições de outubro porque não compareceram aos cartórios eleitorais nos municípios em que houve o recadastramento para identificação biométrica ou devido a outras restrições.

Nenhum comentário