Curta “Catarro” será exibido nesta quarta-feira no auditório do Nepsa I



Contar a história de uma pessoa em situação de rua e que, ao mesmo tempo, vende livros de modo informal no centro histórico de Natal foi o desafio do realizador audiovisual Paulo Dumaresq ao convidar Edvaldo Correia da Silva, mais conhecido como Catarro, para protagonizar o documentário.

O resultado pode ser conferido nesta quarta-feira (12), às 17h, no auditório do Nepsa I, localizado no Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA – Setor I), da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Após a projeção de “Catarro” (Documentário, 11 min, 2018), o Cine CCSA apresenta, ainda, o longa estadunidense “A qualquer preço”, do diretor Steve Zaillian, tendo o consagrado ator John Travolta por protagonista. O acesso é gratuito.

“Catarro” foi gravado no final de 2017 por uma equipe composta por seis profissionais, e estreou em 25 de abril de 2018, no Cine Fest RN, onde recebeu Menção Honrosa. O filme também foi exibido no 9º Goiamum Audiovisual (Prêmio de Melhor Filme para Reflexão), I Mostra Alternativa de Audiovisual no Pium e no projeto de extensão América Latina no Cinema, realização do Departamento de Ciências Sociais da UFRN.

Além disso, o curta foi selecionado para a 2ª Mostra Sulamericana de Cinema, em Jeroaquara, Goiás; 2ª Mostra do Filme Marginal: A Resistência contra o Poder, no Rio de Janeiro; Mostra Curtas Urbanos (Parceria do Centro Acadêmico de Arquitetura e Urbanismo, Departamento de Arquitetura da UFRN e Coletivo Mandinga Audiovisual) e na II Mostra Arandu de Filmes Etnográficos, em Mamanguape, na Paraíba. As exibições estão programadas para este segundo semestre.

Realizado com recursos próprios do diretor Paulo Dumaresq e com o apoio das produtoras Ágil Fotografia e Praia Filmes, “Catarro” conta um dia na vida de Edvaldo da Silva. Aliás, é o próprio Catarro quem narra em voz over a sua trajetória no mundo e a sua participação no movimento punk rock e nas artes plásticas, entre outros temas. A narrativa contemporânea se diferencia da narrativa clássica dos documentários anteriores de Dumaresq, a saber Athayde (2017) e Passo da Pátria – Porto de Destinos (2016), direção conjunta com o fotógrafo Alex Régis.

O curta tem direção de fotografia de Alex Régis e Edmilson Santos, direção de produção de Camilla Natasha, captação de som direto por Nilson Eloy, assistência de câmera de Anderson Régis, edição por Suerda Morais, direção musical de Eri Scott, trilha original aos cuidados de Micael Martins e a música ‘Farrapos’, de Franklin Mario, é interpretada pela cantora Antoanete Madureira e pelo guitarrista Ticiano D’Amore.

SERVIÇO:
Exibição do curta-metragem “Catarro”.
Local: Auditório do Nepsa I (UFRN – CCSA – Setor I).
Hora: 17h.
Acesso gratuito.

Nenhum comentário