Vereadores aprovam Projeto que proíbe cobrança de estacionamento em hospitais de Natal



Os vereadores de Natal aprovaram, nesta quarta-feira (22), Projeto de Lei que proíbe a cobrança de valores para utilização de estacionamento de veículos nos hospitais, clínicas, prontos-socorros e estabelecimentos congêneres da cidade. A matéria é de autoria do vereador Bispo Francisco de Assis (PRB).
"Nós já pagamos remédio caro, plano de saúde, consulta cara e temos que pagar para estacionar em hospitais e em clínicas? Chega a ser absurdo isso. Fiquei muito feliz com a aprovação do Projeto e espero que o Prefeito sancione a lei", afirmou Bispo Francisco.
Outro matéria aprovado pela Casa foi o veto parcial do Executivo Municipal aos §§ 1º e 2º do art. 1º e aos arts. 2º e 3º do Projeto de Lei nº 264/17, de autoria da Vereadora Eudiane Macedo (PTC) e subscrito pelo Vereador Ary Gomes (PDT). O Projeto inclui no calendário Oficial de Eventos do Município de Natal, o dia 12 de junho como o dia de incentivo à inclusão do Casamento Coletivo.
A autora do Projeto explicou porque concordou com o parecer da Comissão de Justiça que era favorável ao veto. "A gente queria a aprovação por completo do Projeto, mas após uma explicação minuciosa do vereador Felipe Alves (MDB), nosso mandato entendeu que o mais importante é a inclusão do dia de incentivo à inclusão do Casamento Coletivo no calendário de eventos da cidade", disse Eudiane. De acordo com a vereadora, um dos artigos vetados pelo Poder Executivo poderia comprometer a essência do Projeto. "No Projeto existe o artigo que contempla os casais homossexuais e ele também foi vetado, mas há um a Lei Federal que garante o casamento comunitário tanto para casais hetero como homossexuais. Diante disso, eu fiquei mais tranqüila e feliz com a aprovação da matéria", comentou Eudiane.

Nenhum comentário