Memorial Câmara Cascudo é recuperado e entregue à população


O Estado do RN entregou à população norte-riograndense, na tarde desta segunda-feira (13), o Memorial Câmara Cascudo totalmente restaurado. Com investimento na ordem de R$ 300 mil, o espaço teve suas instalações hidráulicas e elétricas renovadas, bem como os revestimentos, esquadrias e pintura. A partir de agora, o Memorial está dotado de uma estrutura que possibilitará realização de eventos culturais e de lazer, uma vez que além da reforma do prédio, está sendo adquirido novo mobiliário e equipamentos como condicionadores de ar e elevadores para acessibilidade.
A obra foi financiada via Banco Mundial, e teve por objetivo promover e ampliar os equipamentos culturais do Estado, imprescindíveis para preservação da cultura e fomentação do turismo potiguar. O Memorial Câmara Cascudo, que vai proporcionar não só a conservação do legado do ilustre historiador, como também permitir o acesso da população ao espaço cultural e histórico, contribuindo para perpetuar e dar acesso à parte importante da história norte-riograndense.
“Este apoio técnico e financeiro que demos para ampliação e a melhoria da infraestrutura do Memorial irá alavancar os investimentos no setor, fortalecendo as atividades culturais em nosso estado, visando a geração de empregos e renda, e, claro, perpetuando a cultura potiguar”, disse o coordenador do Governo Cidadão e secretário da Sethas, Vagner Araújo, ratificando ainda que é dever do Estado viabilizar as condições para que o povo potiguar tenha acesso aos bens culturais produzidos e aos equipamentos e ambientes culturais, para a sua formação integral.
Além de permitir o acesso à população de menor poder aquisitivo a espaços culturais e de lazer público de qualidade, o Rio Grande do Norte vai reduzir os custos com locação de espaços para exibição de eventos culturais e aluguel de serviços públicos.
“Levaremos cultura a toda população da cidade de Natal, aos turistas e os estudantes da rede pública, que ainda utilizarão esses espaços para melhorar a educação cultural e conhecer um pouco mais da história do Estado e de Luís da Câmara Cascudo”, disse o diretor da Fundação José Augusto, Amaury Júnior.
Atualmente o Memorial está recebendo as aulas da Escola de Dança do Teatro Alberto Maranhão (EDTAM), que deve ser entregue até fevereiro de 2019, enquanto a Escola também passa por reforma. Estão sendo investidos R$ 2,2 milhões na restauração do prédio da EDTAM, também com recursos do acordo de empréstimo com o Banco Mundial.
“É uma Alegria sem tamanho ver este espaço ser restaurado, dando acesso à cultura a todos os norte-rio-grandenses, perpetuando toda a história do filho mais ilustre dessa terra, o mestre Luís da Câmara Cascudo.”, finalizou Daliana Cascudo, neta de Câmara Cascudo, que por anos foi diretora deste memorial. Fotos: Canindé Soares e Assecom/FJA

Nenhum comentário