Grupos juninos recebem homenagem na Câmara Municipal de Natal


Arte que envolve e une através da dança e da música estados nordestinos em um mesmo ritmo, a Quadrilha Junina recebeu na Câmara Municipal de Natal das mãos da vereadora Eudiane Macedo, admiradora e incentivadora dos festejos, homenagens, nesta quarta-feira (06), em sessão solene. Na ocasião, foi feita a entrega da Comenda Quadrilheiro Junino Marcílio Canário aos quadrilheiros de destaque no cenário potiguar; representantes do Governo do Estado do Rio Grande do Norte e da Prefeitura de Natal participaram da iniciativa. 

Em seu discurso, a vereadora Eudiane Macedo falou sobre sua ligação com a cultura junina. "Faz parte da minha essência; foi onde fiz grandes amizades e, inclusive conheci meu esposo. Por isso fico feliz em ver esse plenário tão colorido, tão festivo, apesar das dificuldades que as quadrilhas juninas enfrentam. Porém, quadrilheiro de verdade não se deixa abater pelas dificuldades. Muito pelo contrário, com criatividade, união e força de vontade transforma tudo em festa", declarou.

"Hoje, o movimento quadrilheiro tem uma porta-voz nesta Casa. E tenho muito orgulho disso. Desde o início do meu primeiro mandato tenho buscado ações que gerem melhorias para os grupos juninos da capital potiguar. Por exemplo, incluímos emenda no Plano Plurianual 2013-2017 destinando auxílio financeiro, criamos a Comenda Marcílio Canário (ícone dos festejos de São João) para valorizar todos que lutam pelo segmento e cuja sessão realizamos neste momento, encaminhamos projeto de lei que institui a inclusão de recursos para as quadrilhas da cidade na Lei Orçamentária Anual (LOA). Então, a batalha e a insistência continuam aqui e em todos os outros espaços por onde eu passar", defendeu a parlamentar. 

Também presente na solenidade, o presidente da Casa, vereador Raniere Barbosa, exaltou o colorido das quadrilhas que transforma os bairros natalenses em palcos de espetáculos todos os anos. Um trabalho, segundo ele, que vai além do incentivo à cultura e se configura como uma importante ferramenta de ação social, educativa e profissional. “O apoio das festas juninas para o turismo de eventos, como acontece em Mossoró, inseriu o RN no calendário brasileiro como uma das maiores festas de São João do país. Existe a necessidade da Prefeitura de Natal dar mais atenção ao movimento quadrilheiro e vê-lo como agente da manifestação cultural e da geração de emprego nas comunidades".

Por sua vez, a diretora do Museu Djalma Maranhão, Odinélha Targino, afirmou que os grupos juninos precisam desse reconhecimento e valorização. "Natal é um celeiro, uma das percussoras das quadrilhas modernas, o que se faz aqui, muitas vezes é copiado lá fora. Temos que cada vez mais valorizar esse setor que trabalha pela preservação da cultura e proporciona a criação de uma cadeia produtiva de grande valor para o Estado”, asseverou.

O presidente da Fundação José Augusto, Amaury Junior, lembrou que quadrilheiro junino é todo profissional que utiliza meio de expressão artística cantada, dançada ou falada transmitido por tradição popular nas festas juninas. Ele ressaltou que as festas possuem rico valor cultural, todavia precisam de mais reconhecimento e incentivo turístico. "Quanto a isso o Governo do Estado não tem poupado esforços para promover esta arte que é a cara do Nordeste. Isso se traduz através do lançamento do RN Junino com incentivos para dezenas de quadrilhas do estado inteiro", informou. 

Nenhum comentário