Obra infantil que debate o preconceito será lançada na Cidade de Criança

Um evento literário com inclusão social na Cidade da Criança neste domingo (20) a partir das 15h30 será lançado o livro "Bonito é se gostar" que conta a história de Dandara, cujo ensinamentos da sua sábia avó Dandinha, consegue superar o preconceito que sofria por conta de seu cabelo encaracolado. A obra, assinada pela escritora Drika Duarte e editada pela Editora CJA, aborda temas como autoestima, autoconfiança, ancestralidade, respeito à diversidade, preconceito e empoderamento feminino.
O evento é promovido pelo Centro de Promoção Cultural da Fundação José Augusto –(CPC/FJA).
 A autora Drika Fuarte nasceu em 1985 em Natal/RN. É formada em Artes Cênicas e tem Pós Graduação em Gestão Cultural – desenvolvimento, cultura e mercado. Foi fundadora do “Elegia e seus Afluentes”, grupo ceno-performático-musical, unificando cenicamente a poesia recitada e musicada. Publicou os livros de poemas: “Almas Brancas” (2008), “70 vezes 7” (2010), “A Arte de Nascer – para mães e bebês”, em parceria com a médica Carolina Damásio (2012), Negra Onawale (2014), os infantis “Guerreiros do Planeta - os elementos” (2016) e “Bonito é se gostar” (2018).
O livro tem ilustrações de Flávia Duarte que já trabalhou em Zines e Collabs com ilustradores da região.

Nenhum comentário