Vendas de conversores e antenas triplicam com a chegada do final do sinal analógico de TV


O final do sinal de TV analógica está próximo para Natal e mais 25 cidades do RN. Será no dia 30 de maio e os consumidores já estão na corrida para preparar seus televisores para a mudança. No comércio eletrônico local a venda de conversores e antenas já representam um aumento significativo de 334%, em relação ao primeiro trimestre do ano passado.
Segundo o empresário Afrânio Miranda, diretor administrativo da rede de lojas Miranda, a expectativa é que as vendas aumentem ainda em torno de 550% nos meses de abril, maio e junho, com a proximidade do final do sinal analógico. “O brasileiro sempre deixa para última hora, mas é importante que as pessoas busquem se informar o quanto antes sobre a necessidade de adquirir conversor ou antena, porque nem todo mundo precisa, mas os que precisam podem correr o risco de ficar sem sinal se não adaptarem suas TV’s para receber o sinal digital corretamente”, ressalta o empresário.
De acordo com ele, a maior dificuldade das pessoas tem sido entender a necessidade de um conversor ou antena. “É importante para o consumidor saber que, mesmo se ele tem uma TV antiga, mas se possuir serviço de TV por assinatura, não vai precisar comprar nem o conversor, nem a antena externa. Quem tem TV adquirida nos últimos 5 anos também já vem com conversor integrado, neste caso precisará apenas de uma antena, caso não tenha TV por assinatura”, explica. Os preços de conversores variam entre R$ 69,90 e R$ 99, já os preços de antenas vão de R$ 29,90 a R$ 89,90.

Nenhum comentário