Programa "Escola na Câmara" inova e recebe usuários do CAPS III


Servidores e usuários do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS III) visitaram a Câmara Municipal na manhã de hoje (5) para conhecer o trabalho e as dependências do Legislativo Natalense. A visita faz parte do programa "Escola na Câmara" que está inovando ao abrir as portas do legislativo para outros grupos e entidades, além das escolas e universidades.

"O programa está sendo inovado. Recebemos escolas, universidades e faculdades de Natal e Grande Natal e agora ampliamos para a uma clientela diversificada voltada para a inclusão e esperamos despertar o interesse de outras entidades interessadas", explicou a assistente social da Escola do Legislativo Wilma de Faria, Dione Suely, que acompanhou o grupo na visita.  O CAPS III atende pessoas com transtornos psiquiátricos por meio de uma equipe multidisciplinar e interdisciplinar. "As pessoas que passam por tratamento psiquiátrico acabam sendo excluídas de determinados espaços, mas precisamos incluir essas pessoas e, por isso, abrir as portas da Câmara é uma grande iniciativa que ajuda nessa inclusão", declarou Lucas Petribu, do setor de Psicologia da entidade.

O Centro é administrado pela Prefeitura e conta com dez leitos para uma demanda de mais de 800 usuários atendidos por 40 funcionários. A vereadora Natália Bonavides (PT), presidente da Comissão de Defesa dos Direitos Humanos, Trabalho e Minorias da Câmara, recepcionou o grupo e ouviu sobre algumas dificuldades que o CAPS III enfrenta. "A partir de uma visita, os usuários e servidores trouxeram demandas e deficiências e pleitearam alguma reação dos vereadores. Agora, vamos levar essas demandas para serem discutidas na comissão e, assim, fazer chegar ao plenário", declarou a parlamentar.

Nenhum comentário