Projeto turístico beneficia agricultura familiar no Agreste potiguar


Mais uma etapa do projeto de Dinamização e Sustentabilidade do Turismo nos municípios de Passa e Fica, Serra de São Bento e Monte das Gameleiras foi iniciada com a comercialização dos produtos da agricultura familiar na cadeia do turismo.

A ideia do projeto de Dinamização é desenvolver uma nova rota turística no Estado neste pedaço do Agreste potiguar a partir do protagonismo da comunidade aliado à infraestrutura turística e divulgação.

“Diante do viés sustentável e turístico deste projeto, esse envolvimento dos produtores locais no processo de comercialização de suas artesanias e orgânicos é fundamental”, avalia o secretário estadual de Turismo, Ruy Gaspar.

Até essa fase de comercialização, a equipe da Setur, que coordena o projeto, realizou inúmeras visitas aos agricultores para definir o valor dos produtos a serem vendidos.

A lista de produtos disponíveis foi apresentada aos empresários da região ontem (7) e estarão à venda na Central de Comercialização, no espaço Titanic, em Serra de São Bento.

E em continuidade às ações do projeto no território, nesta sexta-feira (9), às 14h, será promovida uma reunião na Câmara Municipal de Serra de São Bento, com presença do Banco do Nordeste, Agência de Fomento do RN e Sebrae para abordar assuntos relativos a linhas de crédito, financiamento e empreendedorismo.

Os três municípios que compõem esta nova rota turística idealizada pela Setur RN são conhecidos pelas serras, turismo de aventura, simplicidade e clima agradável. E o objetivo do projeto, que conta com recurso do Governo Cidadão através de empréstimo do Banco Mundial, é levar desenvolvimento e sustentabilidade à região.

Nenhum comentário