Isaque Galvão denuncia seguranças da prefeitura por homofobia contra seu companheiro


O cantor Isaque Galvão utilizou parte de seu show no largo do Atheneu nesta terça-feira, em Natal, para protesta contra o que chamou de ato de homofobia.
Ao microfone, contou que seu companheiro iria fazer uma homenagem pelo seu aniversário, mas foi detido e espancado pelos seguranças da prefeitura.
Ao cantar a última música, Isaque saiu do palco bradando “abaixo a homofobia no Brasil”.
Foi aplaudido e vaiado.
Cantor também postou critica em redes sociais.
“Apesar do meu companheiro e meu filho terem sido agredidos pelos seguranças do palco do Atheneu ( por pura falta de informação por parte da produção aos seu seguranças trogloditas) sei que fiz o que nasci pra fazer.. beberam comigo, comeram comigo.. e no final deixaram meus amores ( meu companheiro de 7 anos e meu filho que só queriam cantar parabéns pra mim no palco em pleno aniversário meu) serem humilhados.. reflitam.. tolos hipócritas. machucaram meu coração, mas jamais me deixarão calado. bando de produtor galado.
Exijo respeito e menos babação pros artistas nacionais e mais atenção a quem vcs pagam pouco e sugam muito ( principalmente se tiver espumante particular). fica na minha cabeça a frase da noite:
“não era pra vcs estarem aqui mais.. o show local já está acabando” o jornalista Rodrigo Loureiro iria subir junto para a homenagem mas se livrou de ser espancado junto por um tris.. ridículos, AINDA vão se arrepender de tanta falsidade.. CANALHAS…”

BLOG DO BG

Nenhum comentário