Golpe no WhatsApp: mensagem falsa com promessa de saque do FGTS volta a circular


Mais uma vez, uma mensagem que promete o saque do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) para quem trabalhou entre 1998 e 2016, no valor de R$ 1.760, está circulando pelo WhatsApp neste início de 2018. Disseminado desde 2016, o comunicado é um golpe que usa links falsos para roubar dados pessoais das vítimas.
Como isca, a mensagem pede que o trabalhador verifique se seu nome consta em uma lista da Caixa Econômica Federal - mas o site informado para fazer a verificação é falso. Clicando sobre o link, o usuário pode ter senhas de cartão de crédito e números de telefone divulgados.
Sobre o assunto, o banco esclareceu que não envia mensagens sobre saques de benefícios sociais. A instituição apenas envia mensagens SMS por solicitação do cliente, como por exemplo alertas sobre movimentação financeira, iniciando sempre pelo texto “CAIXA Informa”. A Caixa destacou que não envia mensagens SMS contendo links.
Após clicar no link, o site solicita que o usuário responda três perguntas para fazer a consulta. Entre elas: “Você trabalhou no período entre 1998 a 2016?”; “Você está registrado atualmente?”; e “É maior de 18 anos?”. Em seguida, é necessário fazer cadastros em serviços pagos de SMS com conteúdo adulto - que efetuam cobranças indevidas - ou baixar apps falsos, que podem infectar o smartphone e deixá-lo vulnerável a outros tipos de crimes ou prejuízo financeiro.

Desconfie de mensagens

Segundo a Caixa, o banco não envia mensagens sobre saques de benefícios sociais. Por isso, é importante sempre estar alerta a qualquer comunicado recebido, verificando sobre o que se trata com a agência - por meio de ligações telefônicas ou presencialmente.
Além disso, a Caixa disponibiliza orientações de segurança, com o objetivo de alertar seus clientes quanto ao risco de golpes por e-mails spam, WhatsApp, sites falsos ou telefone. Os clientes que tiverem alguma dúvida podem entrar em contato pelo telefone 0800 726 0207.
gazetadopovo

Nenhum comentário