Detran autua 19 condutores em fiscalização no litoral norte do RN


As ações de fiscalização na orla potiguar começam a ser intensificadas pelo Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran). Somente da quarta-feira 27 até o sábado 30 as equipes da Subcoordenadoria de Fiscalização do Detran, juntamente com policiais do Comando de Policiamento Rodoviário Estadual (CPRE), percorreram a faixa de praias que vai da Redinha Nova até São Miguel do Gostoso, no litoral Norte do Estado.
A fiscalização focou o trabalho no sentido de coibir a circulação proibida de veículos na orla, no sentido de evitar ocorrências de acidentes envolvendo banhistas que estão utilizando as praias. A medida também abordou condutores para checar a documentação dos motoristas e veículos, como ainda a prática de estacionamento irregular sobre faixas de pedestres ou pontos proibidos pela sinalização viária.
A fiscalização flagrou vários condutores insistindo em circular com seus veículos na faixa de areia de praia, colocando em perigo a integridade física dos banhistas. Nessa situação, o motorista infrator é autuado no artigo 187 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), sendo a infração de natureza média, com perda de quatro pontos na CNH e multa no valor de R$ 130,16, podendo o veículo ser apreendido, caso o condutor não respeite a determinação do agente de retirada do automóvel da área proibida de circulação.
No total, as equipes efetivaram 19 autuações de condutores por desrespeito ao Código de Trânsito Brasileiro (CTB). As medidas preventivas de educação e fiscalização de trânsito estão sendo e intensificadas pelo Detran em toda a orla do Rio Grande do Norte e vão seguir dessa maneira durante toda a Operação Verão organizada pelo Governo do Estado.
O Presidente do SINDBUGGY/RN, Luiz Thigo disse que essas ações coíbe o transporte ilegal de turistas e o passeio proibido de veículos particulares em locais não autorizados. "Essas ações é uma das lutas de nossa categoria desde que assumimos o sindicato por entender que a fiscalização dá segurança aos bugueiros, turistas e banhistas", disse Luiz Thiago.

Nenhum comentário