Lojistas fecham as lojas com medo de arrastões nos bairros do Alecrim e Cidade Alta


Os dois arrastões que foram registrados na tarde desta quarta-feira (20) nos bairros de Alecrim e Cidade Alta, na zona Leste de Natal, fizeram o comércio fechar as portas mais cedo na capital potiguar. O fotógrafo, José Aldenir (foto), visitou os locais e constatou o clima deserto na região.
"Eu estava na Rua João Pessoa (Cidade Alta) caminhando em direção a Livraria Paulinas quando veio uma mar de gente correndo e gritando. Eu entrei em uma loja e esperei alguns minutos, quando eu ia sair vinha mais gente correndo e gritando ‘arrastão, arrastão’. Era criança chorando, mãe correndo, houve muito pânico”, disse o jornalista Jocaff Souza.
Diante da paralisação de parte dos servidores da segurança pública do Rio Grande do Norte, o Governo do Estado solicitou ao Governo Federal, nesta quarta-feira (20), um incremento no número de policiais da Força Nacional e o apoio das Forças Armadas para atuar no território potiguar.

Nenhum comentário