Espaço cultural K-Ximbinho será inaugurado nesta sexta-feira (22), na Ribeira


No próximo dia 22 de dezembro, será inaugurado o Espaço Cultural K-Ximbinho, na Travessa Pax, no bairro da Ribeira.

K-Ximbinho

O artista que dá nome ao novo Espaço Cultural de Natal tem como uma das suas obras primas o choro “Sonoroso”, gravado em 1946. Clarinetista de talento inigualável, ele nasceu em 1917 na cidade de Taipu (a 30Km de Natal, na região do Mato Grande) e foi batizado como Sebastião Barros. Veio muito cedo com a família para Natal e foi na capital que desenvolveu o talento que já tinha começado a descobrir na cidade onde nascera. Integrou, ainda em Natal, a famosa Orquestra Tabajara, do maestro Severino Araújo.
Em 1942 mudou para o Rio de Janeiro. Participou, com muitos dos importantes instrumentistas brasileiros da época, dos anos de ouro do rádio, acompanhando artistas que marcaram a cena musical nacional. Também teve muita importância no circuito de orquestras e danceterias, tendo participado em 1955 do grupo da famosa danceteria 'Sachas'. 
Desempenho, na década de 60, a função de “orquestrador” (espécie de arranjador musical para programas) da ainda incipiente TV Globo. Seus maiores sucessos, além de 'Sonoroso', são 'Eu quero é sossego', 'Sonhando' 'Sempre', entre outras. Faleceu no Rio de Janeiro em 26 de junho de 1980 depois de gravar seu último disco.

Nenhum comentário