Cuidados com a alimentação no fim de ano


O final de ano costuma ser o período em que a maioria se descuida da saúde. O sedentarismo das férias e a alimentação típica dessas comemorações podem prejudicar todos os esforços feitos no decorrer do ano. Mauro Scharf, endocrinologista do Lâmina Medicina Diagnóstica/DASA, dá algumas dicas para que as pessoas não percam a forma física e não se descuidem com a alimentação.
Para não exceder demais nas festas, a primeira orientação do especialista é fazer um lanche antes de sair de casa. Scharf sugere que esta alimentação prévia seja baseada em carboidratos complexos, como sanduíches integrais, barras de cereais, batata doce com algum tipo de carne magra e frutas. “Assim, você chegará com o mínimo de fome e, na hora da ceia, comerá menos”, afirma.
O endocrinologista também explica que as pessoas devem tomar cuidado com castanhas, nozes, amendoins e passas em excesso, pois são muito calóricos, apesar de serem saudáveis (possuem gorduras essenciais). “Só para se ter uma idéia, cada castanha possui, em média, 20 calorias”, reforça.
A ingestão de bebidas alcoólicas também deve ser administrada. A maioria dos vinhos e dos champanhes contem açúcar. O ideal é que não se beba em excesso e que o consumo de bebidas alcoólicas seja intercalado por copos d’água ou de suco de frutas, que hidratam e recuperam o organismo. Os diabéticos, em especial, precisam ficar atentos à ingestão de bebidas alcoólicas devido ao risco de hipoglicemia (baixa do açúcar no sangue) e a alimentos ricos em carboidratos (açúcares), que podem levar à hiperglicemia.
Para os hipertensos, vale lembrar que o presunto, mesmo sendo light, contém muito sal em sua composição, facilitando também uma maior retenção de líquidos. O sal light, vendido em supermercados, é uma boa opção para o preparo de alguns alimentos, principalmente as carnes, pois contém 50% a menos de sódio.

Cardápio para não se arrepender no dia seguinte

Se é você quem vai preparar a ceia de Natal ou de Ano Novo, aí vão algumas sugestões do médico para uma festa saudável:
– Ao iniciar sua ceia, opte por uma salada bem colorida e, depois, prepare algum tipo de carne magra com algum acompanhamento;
– Escolha carnes brancas sem pele (frango e peru). Dê preferência às carnes grelhadas, assadas ou cozidas. Cuidado com coxas e sobrecoxas destas aves, pois são muito gordurosas. Você pode diminuir esta quantidade de gordura escaldando as carnes em água fervendo;
– Tempere as saladas com limão ou vinagre balsâmico. Evite maionese ou azeite em excesso. Lembre-se do risco da maionese no calor e que as ceias muitas vezes demoram a acontecer;
– Os acompanhamentos normalmente são arroz ou farofas variadas. Por serem todos fontes de carboidratos, opte por apenas um no seu prato. Uma boa dica é fazer o arroz integral com lentilhas ou as farofas mais sequinhas, evitando bacon e linguiça;
– No momento da sobremesa, evite as que possuem muito leite em sua composição, pois são mais calóricas. Uma sobremesa de gelatina com frutas, por exemplo, fará você ingerir poucas calorias;
– Ainda para a sobremesa, damascos, ameixas, melão, pêssegos e kiwi são ótimas opções. Lembre que as frutas secas e as castanhas, tradicionais nesta época, são alimentos bem calóricos. As frutas secas multiplicam as calorias da versão fresca. Se consumidas em porções pequenas, não atrapalham;
– Na despedida, evite bombons, doces e licores. E lembre que panetone com recheio de chocolates é ainda mais calórico que os com frutas cristalizadas.

Nenhum comentário