Concurso literário incentiva produção textual em diversos gêneros


Buscando descobrir talentos e incentivar a arte de escrever, o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) lançou o concurso literário “Faça parte dessa história”. Esta é mais uma frente de ação do Programa RN Alfabetizado através do RN Mais Leitor e nessa linha é destinado a alunos do ensino fundamental e médio da rede pública de ensino. Os participantes poderão escrever em diversos gêneros textuais e concorrer a uma viagem para um dos maiores eventos literários do mundo, a Feira do Livro de Frankfurt, realizada na Alemanha.
As inscrições serão realizadas através do site do concurso, a partir do próximo dia 15. Os alunos podem participar com textos em forma de poema, conto, crônica, novela, teatro, texto da tradição popular, romance, memória, diário, biografia, relatos de experiências e história em quadrinhos. As inscrições seguem até 02 de março de 2018. 
O concurso está dividido em três categorias, anos iniciais do ensino fundamental, anos finais do ensino fundamental e ensino médio. Os três melhores estudantes de cada categoria ganharão uma viagem de visita à Bienal do Livro de São Paulo, em 2018 e serão acompanhados na produção e distribuição de um livro didático com as obras selecionadas. 
Também haverá premiação individual para cada colocado: o terceiro lugar de cada uma das categorias ganhará um tablete. Para o segundo lugar de cada uma das categorias será premiado com um notebook. O primeiro lugar de cada categoria, além de um notebook, ganhará uma viagem à Alemanha para participar da Feira de Livros de Frankfurt. O resultado final do concurso será divulgado em junho de 2018.
A iniciativa faz parte do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD), uma das frentes de ação do Programa RN Mais Leitor, do RN Alfabetizado através do Núcleo do livro, Leitura e Biblioteca da CODESE.

Festividades
O FNDE lançou o concurso em comemoração os 80 anos da Política Pública dos Programas do Livro. O programa busca prover as escolas de educação básica de registros didáticos e pedagógicos, ampliando o acesso ao livro e a democratização do acesso às fontes de informação e cultura. 

Nenhum comentário