Feirinha Cultural de Extremoz terá como tema as africanidades



Evento acontece neste domingo (12), no largo das ruínas da Igreja de São Miguel Arcanjo, Centro Histórico do município

No mês da Consciência Negra, a tradicional Feirinha Cultural de Extremoz será voltada para as africanidades. O evento será neste domingo (12), no largo das ruínas da Igreja de São Miguel Arcanjo, Centro Histórico do município, começando às 13h e estendendo-se até às 20h. A feirinha terá a participação de religiões de matriz africana e tratará sobre temas como o preconceito.

O evento reunirá 170 expositores que levarão artesanato, bazar, produtos orgânicos, gastronomia, entre outros serviços para atender ao público. As atrações ficarão por conta de grupos de capoeira, danças afro e o samba da banda Batuque de um Povo.

“O mês de novembro é o mês da Consciência Negra, dia 20, e nós resolvemos então voltar o tema da feirinha para a questão das africanidades. Várias religiões de matriz africana foram convidadas, grupo de capoeira, poesia e vamos levar esse tema para conscientizar as pessoas acerca do preconceito”, afirma a coordenadora da feirinha, professora Maria Gorette.

A Feirinha Cultural conta com o apoio da Prefeitura de Extremoz, Facell Faculdades e Grow Multimídia e é realizada sempre no segundo domingo de cada mês.



Foto: Canindé Santos

Nenhum comentário