"Mirá", show de lançamento do novo disco de Valéria Oliveira, chega a Mossoró com ingressos gratuitos


Chegou a vez da capital do Alto Oeste receber “Mirá”, o novo show de Valéria Oliveira, no palco do Teatro Municipal Dix-Huit Rosado. A apresentação acontece na sexta-feira, dia 13 de outubro, às 20h, e conta com direção artística do diretor e dramaturgo João Marcelino e direção musical do multi-instrumentista e produtor musical Jubileu Filho.
A temporada de shows de lançamento do novo disco da artista começou em Natal, no mês de agosto, com o Teatro Riachuelo lotado. João Pessoa foi a segunda cidade a receber a apresentação em duas grandes noites no auditório da Usina Cultural ENERGISA. Depois de desfrutar do carinho do público paraibano Valéria retornou a Natal e seguiu emocionando plateias em duas apresentações no Solar Bela Vista.
 “Guardo lembranças maravilhosas do público caloroso de Mossoró desde a última vez que subi ao palco do Dix-Huit com o show “Em Águas Claras” em que homenageei Clara Nunes. Tenho certeza que aquele clima vai se repetir, pois o show “Mirá” traz em sua essência a força do artista do RN, em um trabalho feito com muito amor, entrega e alegria por músicos, vocalistas, produção e equipe técnica, todos potiguares”, comentou Valéria quando perguntada sobre a expectativa de voltar à cidade de Mossoró depois de 3 anos.
Com o patrocínio da Cosern e do Governo do Rio Grande do Norte e incentivo da Lei Câmara Cascudo o espetáculo abre as portas do Teatro Dix-Huit para o público mossoroense com entrada gratuita.
O repertório, composto por sambas e boleros majoritariamente inéditos – em parceria com os potiguares Ivando Monte, Luiz Gadelha, Simona Talma e Vinícius Lins além dos sambas dos cariocas Moacyr Luz, Délcio Luiz, Fátima Guedes e Rico Dias -, aliados a sambas da mineira Clara Nunes como “Apenas um adeus” (Paulinho Diniz – Roque Ferreira – Edil Pacheco), “Conto de areia” (Toninho – Romildo) e “Canto das três raças” (Mauro Duarte – Paulo César Pinheiro), já gravados por Valéria no seu álbum anterior, faz do show uma celebração à música brasileira.
A potiguar propõe ainda uma viagem no tempo ao trazer para o repertório do show a releitura de “Meu cofrinho de amor”, de Elias Soares e João Martins, brega imortalizado por Elino Julião, e quando embarca com o pescador Gangão, personagem real de uma história registrada pelo mestre Cascudo, que virou canção na voz dela.
A banda traz a musicalidade e competência de Jubileu Filho (7 cordas) capitaneando o time que conta com Sérgio Groove (baixo), Raphael Almeida (cavaco e bandolim), Anderson Melo (bateria), Aluízio Pizão e Ramon Gabriel (percussão) e Michelle Lima no vocal.
Ficha técnica
Direção musical: Jubileu Filho
Direção Artística: João Marcelino
Coordenação geral: Mônica Mac Dowell
Engenheiro de som: Eduardo Pinheiro
Produção executiva: Nathália Santana
Coordenação de palco: Gilca Leonardo
Figurino: Juraci  Lira
Assessoria de comunicação: Sollar Comunicação
Social media: Pinote mídia e produção cultural
Realização: Green Point Assessoria
Patrocínio: Cosern, Governo do Estado e Lei Câmara cascudo. Apoio Cultural: Hotel VillaOeste
SERVIÇO:
VALÉRIA OLIVEIRA – MIRÁ
Dia 13 de outubro, às 20h
Teatro Municipal Dix-Huit Rosado
Av. Rio Branco, s/n - Centro, Mossoró
Entrada franca.
Ingressos serão distribuídos na bilheteria do Teatro a partir do dia 6 de outubro de terça a domingo, das 14h as 19h.
Informações: monica@greenpoint.art.br ou na bilheteria do teatro:  84 3315. 5046

Nenhum comentário