Editais e ações de cultura serão lançados em breve para beneficiar artistas


A classe artística de São Gonçalo do Amarante já vive dias de expectativa. A Fundação Cultural Dona Militana lançará editais e outras ações culturais para 2017/2018 nos próximos dias. Os certames, que irão beneficiar grupos e artistas, serão custeados pelo Fundo Municipal de Cultura, aprovado pelo Prefeito Paulo Emídio, por meio de Decreto, em janeiro deste ano, e destinará 5% de receitas para a manutenção e fomento das manifestações culturais na cidade.
O primeiro edital que deverá ser lançado, ainda este ano, irá comtemplar seis grupos de artes cênicas para a produção de espetáculos durante o Festival de Teatro, que ocorrerá em março de 2018. “Atualmente, São Gonçalo do Amarante possui nove grupos teatrais, que recebem incentivos pelo orçamento da fundação para a realização das suas apresentações, entre elas, a tradicional Paixão de Cristo”, exemplifica o secretário de Cultura, Flávio Henrique.
Outra modalidade atendida é a dança folclórica e parafolclórica que poderá beneficiar até seis grupos do município, através do Edital Mestre Sérvulo da Cultura Popular. “Além desse edital, o órgão trabalha na revitalização de três grupos, que são: o Pastoril Estrela do Norte, a Lapinha e a Dança de São Gonçalo – que é a do padroeiro da cidade”, disse Flávio.
De acordo com o gestor, já está em planejamento outro edital, de cunho literário, que deverá atender reivindicações de escritores e poetas do município. “A intenção é fazer o lançamento dessas obras durante a festa do padroeiro da cidade ou na emancipação política do município”, afirmou.
Para o final do ano, outra ação financiada pelos recursos do Fundo Municipal será o Auto do Menino Deus. “Trata-se de uma grande apresentação natalina, que terá investimento de aproximadamente 100 mil reais”, adiantou o secretário.
Além disso, a Prefeitura de São Gonçalo firmou parceria com o Governo do Estado, para a realização da Cantata dos Mártires, que será exibida no final de outubro, e tem investimento de 250 mil reais. O espetáculo conta com apoio técnico dos profissionais da cultura do município, além da participação de 38 artistas da terra.
“A cantata contará com quatro apresentações no mês de outubro. No dia 26, ela será destinada para autoridades e para a imprensa. Nos dias 27 e 28, a apresentação será aberta ao público, no Monumento dos Mártires, com expectativa de 20 mil pessoas. No dia 29, o espetáculo vai ocorrer no patamar da igreja Matriz”, confirmou Flávio.

PORTALNOAR.COM

Nenhum comentário