Secretária da Sethas conhece programa de enfrentamento às drogas de São Paulo


Em São Paulo, a secretária de Trabalho, Habitação e Assistência Social, Julianne Faria, visitou equipamentos do Recomeço, programa estadual de enfrentamento ao crack e outras drogas. O objetivo é conhecer a experiência para implantação de um programa semelhante no Rio Grande do Norte.
         Nesta terça-feira, a equipe da Sethas e também o diretor da Fundac, Ricardo Cabral, visitaram o Centro de Referência de Álcool, Tabaco e outras Drogas (Cratod). Nele é oferecido pronto atendimento 24 horas, com serviços de desintoxicação, avaliação médica e encaminhamentos a demais serviços, além de orientação aos usuários e suas famílias, efetuando busca ativa ou abordagem na rua, com tratamento ambulatorial intensivo, semi-intensivo e não intensivo.
         A equipe também visitou a Casa de Passagem, equipamento para o atendimento específico de usuários de substâncias psicoativas que se encontrem em situação de rua ou com vínculos familiares fragilizados que necessitem de acolhimento ou pernoite enquanto aguardam avaliações diagnósticas e providências necessárias para o encaminhamento para outros serviços especializados.
         Segundo a secretária da Sethas, a visita proporciona conhecer as ações realizadas num estado onde já se faz o trabalho de enfrentamento às drogas. “Já temos a minuta de um decreto para criar o programa no Rio Grande do Norte, mas viemos a São Paulo para verificar in loco as ações nesse sentido”, explicou Julianne Faria.
         As ações do programa Recomeço são coordenadas entre as Secretarias Estaduais da Saúde, da Justiça e Defesa da Cidadania e do Desenvolvimento Social e facilitam o acesso ao tratamento médico e apoio social e, quando necessário, a internação dos dependentes em centro de referência, incluindo comunidades terapêuticas e moradias assistidas. O trabalho também é integrado com o Poder Judiciário, com a participação do Ministério Público, da Defensoria Pública e da Ordem dos Advogados do Brasil, que acompanham os trabalhos e os casos que precisam do apoio ou interveniência destes organismos.
         A secretária da Sethas foi recebida em audiência pelo secretário estadual de Desenvolvimento Social de São Paulo, Floriano Pesaro. Julianne Faria falou sobre os programas sociais desenvolvidos no Rio Grande do Norte, incluindo o Transporte Cidadão que será implantando até o próximo mês. Pesaro se mostrou interessado em conhecer melhor o programa para possível criação de um semelhante em São Paulo.
         Nesta quarta-feira, Julianne Faria vai conhecer os programas de Segurança Alimentar e a Unidade Helvétia, que oferece um centro de convivência humanizado, com serviços de corte de cabelo, banho, academia e outros para dependentes de substâncias psicoativas.

Nenhum comentário