Montagem carioca de “Borderline”será apresentado em curta temporada em Natal no Teatro de Cultura Popular


Bipolaridade, esquizofrenia, desejos, loucura e lucidez. Esses são os temas de “Borderline”, monólogo que fará curta temporada no Teatro de Cultura Popular a partir do dia 21 de setembro.

Com direção de Marcello Gonçalves, a montagem baseada no conto de Junior Dalberto é estrelada pelo ator potiguar Bruce Brandão e cumprirá temporada até dia 23 de setembro, sempre às 20h.

Produzido pela Cia. de Arte Nova, o drama traz Rutras, personagem do livro O Cangaço e o Carcará Sanguinolento, posicionando-se diante de questões íntimas relacionadas à família, sociedade, mundo cibernético e sua relação com a geração dos anos 90.

Para o crítico da APTR, Gilberto Bartholo, o espetáculo foi uma das melhores surpresas em TEATRO, dos últimos tempos.

“O desafio de dirigir proposto pelo ator Bruce Brandão, me acendeu em algo que é inerente a todos nós, homens da arte: a necessidade e o comprometimento de levar aos palcos uma obra singular e plural. Suponho que aonde quer que eu vá, levarei comigo os ventos das mudanças, eu estou na onda, no ritmo, marchando nele. O registro, a interpretação, a produção e a direção.” Marcello Gonçalves.

Para o ator Bruce Brandão, as leituras sobre o tema Borderline foram fruto do contato com o autor Junior Dalberto em Natal. Encantado com esse universo, fez suas pesquisas e se familiarizou com o tema. Após 08 anos sem pisar nos palcos potiguares será também um reencontro do artista com a cidade.

“No início eu pensava em visitar clínicas psiquiátricas, entrar em manicômios, mas percebi que o ''manicômio'' estava dentro de cada indivíduo. O entendimento sobre o transtorno Borderline me fez galgar outros degraus: É o jeito de ser. Quem já não teve medo de rejeição, impulsividade, ciúmes, sensação de abandono? Porém quando se trata de um Border, o olhar é outro. Tudo tem intensidade! Olhar poeticamente a doença é mergulhar no desconhecido.”

Sobre a Cia. de Arte Nova

A Cia. nasce do encontro entre os atores Marcello Gonçalves e Bruce Brandão, com a necessidade de gerar cultura, arte e o comprometimento com o trabalho de pesquisa, para criar novas formas de se pensar o teatro. Fomentando uma nova economia de gestão e transmissão de conhecimento, a Cia. criada em julho de 2014 pretende ser um centro integrado de arte onde os atores e as equipes formam e constroem um novo olhar sobre o teatro. A Cia estreia ''O Senador'', baseada na obra de Victor Hugo dia 6 de agosto, também no Ziembinski.

Currículos

Bruce Brandão Bruce Brandão é ator potiguar, fundador da Companhia Arte Nova.  Em 2015 no Rio de Janeiro estreou o monólogo Borderline que aborda o tema sobre o transtorno de personalidade limítrofe, a temporada do espetáculo resultou em boas críticas e indicação como melhor ator pelo prêmio botequim cultural. Em sua carreira, Bruce fez diversos trabalhos no teatro, publicidade, na tv e no cinema. Bruce esteve em ''Velho Chico '' e nas '' Super Max'' e ``Os Dias Eram Assim’’.  Atualmente se dedica a apresentações do espetáculo Borderline e O senador, segundo projeto da Companhia Arte Nova.

Marcello Gonçalves - Ator e diretor carioca, é no cinema onde sempre chama mais a atenção, como em “Tropa de Elite 2″, “Xingu”, “Assalto ao banco central” e “Não se pode viver sem amor” na série “Filhos do carnaval” com direção do Cao Hamburger entre outros.

No teatro fez “Capitães da Areia, de Jorge Amado”, “Cuba Libre” direção de Roberto Bomtempo,“A Mãe”, de Bertold Brecht e direção de Luis Fernando Lobo, “Aonde Está Você Agora?”, de Regiana Antonini e direção de Rafael Ponzi, “D’Artagnan e os Três Mosqueteiros”, “Romeu e Julieta”, de William Shakespeare, Direção de Pedro Vasconcelos. “O Noviço”, de Martins Pena e “Ângelo, Tirano de Pádua”, de Victor Hugo e direção de Marcos Afonso Braga. “Superiores” texto e direção de Miguel Thiré, “Dona Flor e seus Dois Maridos”, de Jorge Amado e direção de Pedro Vasconcelos e “Meu Ex-Imaginário” de Regiana Antonini e direção de Michel Bercovicht entre outros.

Em 2014 fez a série da Rede Record Milagres de Jesus como apóstolo André, foi um dos fundadores e é diretor geral artístico da Cia. de Arte Nova. A montagem de Borderline marcou sua estreia como diretor de teatro. Integrou recentemente o elenco da novela Eta Mundo Bom!

FICHA TECNICA
Texto: Junior Dalberto
Direção: Marcello Gonçalves
Atuação: Bruce Brandão
Assistente de Direção: Karini Pallavi
Direção de Arte: Alex Brollo, Rafael Ronconi
Iluminador: Felipe Lourenço
Produção Executiva no RN: Marcelo Veni Produções
Fotografia: Lu Valiatti
Trilha: Marcello Gonçalves, Bruce Brandão e Zinho Langowski
Duração: 55 min. Gênero: Drama Classificação: 16 anos

SERVIÇO
Borderline
Estreia em Natal: 21, 22 e 23 de setembro de 2017  
Horário: 20h
Local: Teatro de Cultura Popular 
Capacidade: 168 Lugares
Endereço: Rua Jundiai – 641 - Tirol
Preço: 
R$ 40,00 ( nteira) R$ 20,00 (Meia até 50% da capacidade do Teatro)

Nenhum comentário