Entrega de título de cidadã extremozense e palestras marcaram programação do “Setembro Cidadão” nesta quarta-feira (13)



Presidente da Câmara de Extremoz, vereador Fábio Vicente e a mais nova Cidadã Extremozense, Professora Sebastiana da Silva Inácio "Bastinha". Foto: Nilson de Castro

Com simplicidade e agradecida. Foi assim que a professora Sebastiana da Silva Inácio, recebeu na manhã desta quarta-feira (13), o Título de Cidadã Extremozense Honorária, outorgado pela Câmara Municipal de Extremoz, sendo o propositor da homenagem, o Presidente da Casa, vereador Fábio Vicente.

O ato solene aconteceu dentro da programação “Setembro Cidadão” que está sendo realizado pela Câmara durante este mês. Além da homenagem a professora “Bastinha” como é carinhosamente chamada, aconteceram duas palestras. A primeira “ Ética e Cidadania” proferida pelo professor Edivan Souza (secretário adjunto de educação do município) e a segunda, com o tema: “ História de Extremoz e suas potencialidades arqueológicas” ministrada pelo arqueólogo Domingos Sávio (Instituto Chico do Ouro).

A entrega do Título de Cidadã Extremozense a educadora Sebastiana da Silva Inácio foi bastante prestigiada por professores, alunos, familiares, amigos e população em geral. Durante a solenidade, o Presidente da Câmara, vereador Fábio Vicente, autor da honraria, discursou enaltecendo sua alegria em poder homenagear a professora “Bastinha” pelos relevantes serviços prestados ao povo de Extremoz e em especial, a educação do município. “Agradeço a Deus por me conceder o privilégio de poder no dia de hoje, realizar umas das mais justas homenagens já prestadas pela Câmara de Extremoz que é entregar este título a professora “Bastinha ”, disse Fábio Vicente e encerrou “reconheço o grande trabalho desenvolvido ao longo de sua trajetória na educação, em que conquistou respeito e admiração da comunidade educando centenas de pessoas ao longo de sua história”.

Bastante emocionada com a homenagem prestada pela cidade de Extremoz, a professora Sebastiana da Silva Inácio não conteve sua alegria em receber o mais importante título concedido por uma cidade. Agradeceu a Deus pela oportunidade de se tornar hoje uma cidadã extremozense e ao Presidente da Casa, vereador Fábio Vicente, autor do título, pela iniciativa e aos demais vereadores que votaram. “ Estou muito feliz no dia de hoje onde me torno uma filha desta terra e agradeço imensamente ao povo e a cidade de Extremoz que me adotaram desde do primeiro dia que aqui cheguei” disse a Professora “Bastinha”. Encerrou seu discurso declamando uma poesia e cantando uma música, ambas as letras uma declaração de amor à cidade de Extremoz.

Acompanharam a sessão solene os vereadores Izidoro, Aderson e Cleiton da Habitação, além do vice-prefeito Djalma Sales (Macho), representando o prefeito Joaz Oliveira.

Professor Edivan Souza


Arqueólogo Domingos Sávio

Estudantes que prestigiaram a sessão solene


Fotos: Canindé Santos

RESUMO DA BIOGRAFIA DE SEBASTIANA DA SILVA INÁCIO

NATURAL DE NATAL, NASCIDA AOS 23 DE MAIO DE 1934, CHEGANDO A ESTA CIDADE, INSTALOU SUA RESIDENCIA NO POVOADO DE PASSAGEM DA VILA NO DIA 05 DE JUNHO DE 1965, VISTO QUE O POVOADO SÓ TINHA POUCAS FAMÍLIAS, MAS TINHA MUITAS CRIANÇAS E SEUS HABITANTES EM SUA MAIORIA NÃO ERAM ALFABETIZADOS.
ELA, QUE TINHA TERMINADO O “PRIMÁRIO” NO GRUPO ESCOLA POTIGUAR EM IGAPÓ, NAQUELE TEMPO AINDA MUITO JOVEM AOS SEUS 18 ANOS, SE PRONTIFICOU A ENSINAR PARTICULARMENTE A TODOS QUE QUISESSEM APRENDER.
ENTÃO A MESMA NÃO TINHA MEIOS PARA INICIAR UMA ESCOLA, COMEÇOU COM UMA MESA, DOIS BANQUINHOS E QUATRO TAMBORETES. À NOITE, LECIONAVA AS MÃES, PAIS E ADOLESCENTES QUE NÃO SABIAM LER NEM ESCREVER.
DAÍ A NOTÍCIA SE ESPALHOU SOBRE O SEU DESEMPENHO E DEDICAÇÃO AO ENSINAR, ENTÃO FOI COLOCADA COMO PROFESSORA DAS SÉRIES PRIMÁRIAS NA ESCOLA CEL. JOSÉ FRANCO RIBEIRO, A QUAL FOI CONSTRUÍDA PELO MESMO. ENTÃO A MELHORA NA INFRA-ESTRUTURA FOI CLARA, AGORA DAVA AULA COM MATERIAIS AUXILIARES TAIS COMO; QUADRO, GIZ, ESPONJA E CARTEIRAS, FACILITANDO O APRENDIZADO DOS ALUNOS. NESSE TEMPO TAMBÉM COMEÇOU A ENSINAR O MOBRAL QUE DEU INÍCIO EM 20 DE OUTUBRO DE 1980. NESTE PERÍODO ELA JÁ ESTAVA LECIONANDO UM ELEVADO NÚMERO, TANTO DE CRIANÇAS QUANTO DE ADULTOS E ADOLESCENTES. ENTÃO VEIO A EDUCAÇÃO INTEGRADA COM O OBJETIVO DE AJUDAR AQUELES QUE ESTUDARAM A 1°, 2° E 3° SÉRIE, MAS NÃO TERMINARAM A 5° SÉRIE PARA PODEREM RECEBER SEUS CERTIFICADOS. PORTANTO COMO PROFESSORA RAIZ DA PASSAGEM DA VILA, VIU NASCER MUITOS GALHOS, RAMOS, FLORES E FRUTOS.
TAMBÉM FAZ SABER A TODOS QUE A SUA FORMAÇÃO COMO PROFESSORA QUALIFICADA PARA ENSINAR, FOI REALIZADA AQUI, EM EXTREMOZ, NESTA CÂMARA MUNICIPAL COM O PROJETO LOGOS II.
POR ISSO COMPÔS DUAS MÚSICAS QUE SÃO: “ESCADA ALTA”, QUE SE REFERE AO PESO DE TRÊS ANOS ESTUDANDO PARA SE FORMAR E “EU TE AMO EXTREMOZ”, QUE CONTA A GRANDEZA DO NOME DA NOSSA CIDADE. E PARA RECEBER O TITULO DE CIDADÃ HONORÁRIO, CONVIDO A SENHORA SEBASTIANA DA SILVA INÁCIO, POREM CONHECIDA CARINHOSAMENTE POR D. BASTINHA, A QUAL ACABEI DE LER UM BREVE RESUMO DE SUA BIOGRAFIA.

Nenhum comentário