Crise econômica, desemprego e corrupção são real legado que PT deixou ao país, diz Rogério


Os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, ambos do PT, além de vários integrantes do alto comando do partido – incluindo a presidente da legenda, senadora Gleisi Hoffman -, foram denunciados pela Procuradoria Geral da República por formação de quadrilha e corrupção por diversos crimes cometidos durante os 13 anos de poder petista. A nova denúncia surge em meio a caravana de Lula pelo Nordeste, como se estivesse em pré-campanha eleitoral.

Para o deputado federal Rogério Marinho, o ato de Lula é um gesto de cinismo e tem como objetivo mostrar força política, num total desrespeito às pessoas e ao Estado de Direito. “É um acinte contra o país”, disse. O tucano avalia que essa é a prática do PT: uma pessoa condenada pela Justiça é apresentada como se fosse o salvador da pátria, como se não tivesse relação com a crise econômica, com o desemprego, ou a corrupção. “Esse é o real legado que o PT deixou ao país”, disse o deputado.

Na mala da caravana, Lula leva promessas e falsos números sobre a economia do país, omitindo a responsabilidade do partido e da ex-presidente Dilma Rousseff pela maior recessão da história do país. Além disso, infla dados de emprego, redução da miséria e Previdência.

Rogério Marinho ainda faz um alerta sobre essa movimentação do petista: trata-se de campanha fora de época, com comícios em série. “Não há nenhuma sutileza por parte do PT e do ex-presidente Lula”, critica. O tucano ressalta que, ao percorrer o Nordeste como se estivesse em plena campanha política, Lula afronta a legislação. “Eles acham que não têm que se incomodar com a lei, nem prestar contas a ninguém”, diz o parlamentar.

Segundo o jornal “Folha de S.Paulo”, que desde o dia 28 de agosto acompanha a caravana petista, a participação popular está bem aquém do almejado. Os números não são animadores para o ex-presidente, que se considerava um “herói” do povo nordestino. Além do esvaziamento, a tão alegada melhora de vida dos nordestinos começa a ser de fato revelada. Lula critica, contesta e esconde que a crise fiscal se agravou com as “pedaladas de Dilma”, fazendo as riquezas do país despencarem.

Nenhum comentário