Mês de agosto inicia com a Semana Mundial de Amamentação


Amamentar é a primeira e mais importante ação para o desenvolvimento saudável da criança, fortalecendo também o vínculo fundamental entre a mãe e o bebê.
Diante do grande impacto que o aleitamento materno tem para a redução da mortalidade infantil, a Organização Mundial de Saúde (OMS), UNICEF, a Aliança Mundial de Ação pró-Amamentação (WABA) e o Ministério da Saúde promovem já há 25 anos, a Semana Mundial da Amamentação, realizada de 1 a 7 de agosto em mais de 120 países.
O tema escolhido para 2017 é “Proteger a amamentação: Construindo Alianças Sem Conflitos de Interesses”. Que enfoca as estratégias para apoiar a criação de alianças necessárias sem conflitos de interesses a fim de assegurar as mães o apoio necessário, livre de outras intenções sem a participação da indústria de alimentos infantis.
A amamentação exclusiva reduz a mortalidade infantil por doenças comuns na infância, como diarréia e pneumonia, e ajuda na recuperação de enfermidades. Além disso, a prática aproxima a mãe do filho, ação importante para transmitir calma e segurança à criança.

“Doe vidros, salve vidas”

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) renovou o convênio com os Correios para a campanha “Doe vidros, salve vidas”, cujo objetivo é arrecadar frascos de vidro com tampa plástica para acondicionamento do leite materno. As agências dos Correios em todo o Estado passam a receber as doações a partir da próxima segunda-feira (7).
“Qualquer pessoa tem acesso às agências dos Correios que estão espalhadas em todos os municípios do Estado. Por isso fazemos um apelo às famílias para doar os frascos de vidro, porque o leite materno é muito importante para todos os bebês, principalmente, os prematuros. Eles precisam de um alimento completo, natural e sem contra-indicação alguma”, explica Raissa Arruda, responsável técnica pela coordenação estadual de aleitamento materno.
Para a doação do leite materno o estado possui seis postos de coleta. Os postos ficam localizados em Natal, no Hospital Santa Catarina e Maternidade Januário Cicco e no Hospital da Polícia; em Parnamirim, na maternidade Divino Amor, em Mossoró, no Banco de Leite Humano e em Caicó, no Hospital do Seridó. Para doar basta se dirigir a um desses postos ou ligar para a Coordenação de Aleitamento no RN no número 3232-2576.

Nenhum comentário