Chineses visitam terreno em Extremoz e seguem planejamento para implantação de fábrica





Mais um passo foi dado nesta quarta-feira (09) para a implementação, no município de Extremoz, da fábrica chinesa Chint, que fabrica painéis fotovoltaicos. O prefeito de Extremoz, Joaz Oliveira, acompanhou uma visita ao terreno onde será instalado o empreendimento. A comitiva foi formada pelo governador Robinson Faria, o secretário de Desenvolvimento Econômico do RN, Flávio Azevedo; representantes da Chint, empresários e o secretário de Turismo de Extremoz, Rogério Pessoa.

Os representantes da fábrica Chint, Jackie Chiang, Charles Zhang e Chuan Lu verificaram o terreno que fica à margem da BR-101, mede 40 hectares e foi doado pelo professor e empresário Paulo de Paula. A visita é mais um passo para o planejamento da companhia, que pretende se instalar no RN, gerando centenas de empregos.

O presidente do setor de energias renováveis da Chint, Chian Lu, que é responsável pela produção, investimentos e operação da empresa, ficou empolgado com as vantagens oferecidas pelo RN. “A nossa fábrica aqui vai ter uma melhor vantagem de concorrência com o mercado, será melhor em termos de custos”, afirmou.

Para o prefeito Joaz Oliveira, a vinda da Chint para Extremoz significa um grande avanço econômico para o município e para o Rio Grande do Norte como um todo. “Estamos acompanhando essa visita, este é mais um passo para a implantação da fábrica chinesa que irá gerar muitos empregos em nossa cidade e com certeza vai mudar todo o cenário econômico do Rio Grande do Norte”, afirmou o prefeito.



Qualificação

Após a visita, a comitiva seguiu para uma reunião na Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte (FIERN) para uma reunião com o presidente da instituição, Amaro Sales. O presidente da FIERN falou sobre a disposição da federação, através da rede CNI, em ajudar na formação de mão de obra a partir da necessidade que for apresentada pela fábrica chinesa.

“Por meio de uma operação conjunta com o Senai, com o município de Extremoz, podemos montar cursos para facilitar a vida das empresas. Dentro da necessidade que vocês vão colocar, podemos fazer uma pré-seleção para que vocês não tenham problema com mão de obra. Nossa missão é trazer aos senhores a oportunidade de se instalarem e se instalarem bem no nosso Rio Grande do Norte”, garantiu o presidente da Fiern.








Fotos: Canindé Santos

Nenhum comentário