Saiba qual é o mais veloz aplicativo para leitura de jornais


Dez segundos significam quanto tempo? Errou quem respondeu o óbvio, porque o tempo pode ser exato, mas a percepção sobre ele não é. Dez segundos para aquecer o café no micro-ondas passam voando. Dez segundos para aguardar uma notícia carregar no smartphone são uma eternidade. E como os usuários de tecnologia detestam esperar, fizemos alguns testes para descobrir qual aplicativo para a leitura de jornais é mais rápido.
OS SMARTPHONES DOMINARAM O MUNDO
Um estudo feito por psicólogos britânicos mostra que os adultos jovens passam, em média, 5 horas por dia em seus smartphones.
Já o instituto americano Kantar pesquisou 4 mil pessoas entre 17 e 25 anos e descobriu que elas usam seus celulares, em média, 123 vezes por dia!
Já os brasileiros, segundo pesquisa realizada pela Millward Brown Brasil e pela NetQuest, passam 3 horas e 14 minutos por dia no smartphone. 87% desse tempo é gasto na internet.
O PAPEL DO CONTEÚDO
O smartphone é um caminho para chegar ao conteúdo. A leitura de notícias tem crescido muito no meio digital. Em 2012, 8% dos brasileiros acompanharam os jogos olímpicos de Londres pelo celular. O percentual aumentou para 62% na RIO 2016. Os dados são da Ipsos. Outro estudo mostra que, em média, cada dono de smartphone consumiu 456 minutos de mídia no aparelho no ano passado.
E OS TESTES?
Avaliamos o Mundiware FastNews e o MavenGaz, utilizados por dezenas de jornais, e o sistema próprio desenvolvido pela Gazeta do Povo. Os testes envolveram análises de design, usabilidade, recursos e, principalmente, velocidade.
Mundiware FastNews: analisamos a versão desenvolvida para o Diário de Notícias. Ele roda nas plataformas Android e IOS. Os usuários devem baixar a última atualização para aproveitar todos os novos recursos instalados nesta semana. A versão Windows Phone já está pronta e será lançada em breve.
Dos três aplicativos testados, este é, disparado, o mais veloz. As seções e notícias abrem instantaneamente. Basta encostar o dedo e começar a leitura em questão de frames.
O design é moderno, arrojado, com fotos atraentes e texto em fontes grandes. Há contraste entre as letras e o fundo, facilitando a visualização. Ele permite o compartilhamento das notícias em redes sociais, o envio por e-mail ou WhatsApp ou Messenger e o download para leitura offline.
Com a ferramenta de “matérias relacionadas”, o usuário recebe sugestões de assuntos parecidos ao fim da leitura do artigo. O recurso é muito importante para fazer com que o leitor permaneça por mais tempo no aplicativo, estreitando a fidelidade e sendo impactado pelos anúncios publicitários.
Há ferramentas para visualizações de vídeos e abertura de galeria de imagens, porém, por opção editorial, o Diário de Notícias não utiliza frequentemente estes recursos.
O Mundiware FastNews conta com a função push para alertar o leitor sobre as notícias mais importantes. Ele pode ser automático ou controlado pela equipe do jornal, que faz a curadoria dos assuntos mais relevantes e decide os horários de envio. O push é muito importante para estreitar a relação do leitor com a publicação.
O aplicativo oferece ferramentas fundamentais para empresas de comunicação que fornecem conteúdo através de dispositivos mobile, como a opção de rentabilização e o gerenciamento de anúncios, que pode ocorrer em áreas pré-definidas ou por matérias específicas. Se o jornal desejar, pode integrar o app a um Paiwall, liberando a leitura completa dos artigos apenas para os assinantes.
MavenGaz: está disponível para IOS e Android. Não há previsão de quando poderá ser baixado por quem tem Windows Phone, o segundo sistema operacional mais usado no mundo, com 37,91% do mercado.
Também permite que as notícias sejam enviadas por e-mail ou WhatsApp, compartilhadas nas redes sociais e salvas para leitura. O design é bonito e a usabilidade extremamente eficiente.
Um ótimo recurso é permitir que o leitor aumente o tamanho da letra. Ele também pode salvar suas notícias favoritas, fazer buscas de conteúdo e comentar as reportagens.
O problema é a velocidade, nosso principal foco de avaliação. Não é que o MavenGaz seja lento. Porém, a notícia não aparece de uma única vez. Ao deslizar o dedo na tela para subir o texto, há um novo carregamento. Em artigos grandes, é preciso paciência para esperar a bolinha rodar, rodar, rodar... e mostrar a notícia completa.
Gazeta do Povo: é o principal diário do Paraná e sua equipe de tecnologia desenvolveu internamente o aplicativo para leitura de jornais. Está disponível para IOS, Windows Phone e Android. Pela popularidade da marca na região Sul do Brasil, provavelmente é o app com mais downloads atualmente.
O layout é bastante flexível e permite a incorporação de inúmeras seções. Espaço para novos conteúdos não é problema. Assim como os dois produtos anteriores, permite envios e compartilhamentos das notícias, que também podem ser salvas para leitura posterior no aparelho.
Um recurso interessante, e que atende a diferentes perfis de leitores, é poder escolher a ordem de visualização dos artigos por hora da publicação - do mais recente para o mais antigo – e por popularidade.
Tem uma resposta mais rápida do que o MavenGaz, porém não tão boa quanto o MundiWare FastNews. Um ponto que causa incômodo é a quantidade excessiva de propaganda. São dois ou três anúncios direcionados pelo Google em cada notícia, o que atrapalha a leitura e cansa o usuário.
RUFEM OS TAMBORES!
Chegou a hora do veredito. Os três aplicativos têm qualidade. Porém, como nosso principal critério é a velocidade no carregamento das notícias, o campeão inquestionável é o Mundiware FastNews.
Sua agilidade, inclusive, pode ser comparada a do Instant Articles, do Facebook, recurso já utilizado por mais de 10 mil editores em todo planeta para compartilhar conteúdo dentro da rede social, nos dispositivos mobile, ao invés de abrir uma janela externa para exibir o texto. Como o material é hospedado dentro do próprio Facebook, o carregamento é muito veloz. E o app do Mundiware FastNews consegue alcançar um resultado semelhante. Parabéns aos desenvolvedores!

Nenhum comentário